Policiais militares trocam a farda por fantasia para cair na folia carioca

Do R7, com Rede Record, no Rio
Publicado em 22/02/2011 às 22h50.

Na maior parte do ano, eles usam fardas para patrulhar as ruas do Rio. Mas, no Carnaval, policiais militares vestem a fantasia e caem na folia da cidade maravilhosa. O sargento Luiz Cruz e a tenente Júlia de Oliveira esquecem a dura realidade de combate ao crime nos dias da maior festa popular do país.

Luiz é o sargento Cruz na Polícia Militar, mas, no mundo do samba, o PM é o compositor Luiz Pião. Para o compositor e policial, o trabalho nas ruas do rio serve de inspiração.

- Nós somos diferenciados porque nós trabalhamos com a realidade e a fantasia ao mesmo tempo, para viajar, fazer a música e fazer samba também.

A tenente Júlia desfila na Mangueira, sai no bloco Cordão da Bola Preta e é a rainha da escola de São João de Meriti, na Baixada Fluminense. Ela conta que a paixão pelo samba nasceu na polícia.

- Eu entrei para a Polícia Militar com dezenove anos. Meu primeiro batalhão foi o de Belford Roxo, na baixada, onde tive contato com uma escola de samba de lá. Daí a paixão só cresceu.

Veja a reportagem do Jornal da Record:

Postar um comentário